quinta-feira, 26 de maio de 2016

Rádio Oka apresenta especial da cantora CéU neste feriadão, 26




Hoje a Rádio Oka fará um especial apresentando e tocando as músicas da cantora brasileira CéU, com entrevistas e muito mais. CéU é uma cantora com voz delicada, marcante e com fino trato nas interpretações.

Céu surgiu em 2005 com um disco de apresentação intitulado apenas Céu. Lançado de forma independente e com produção musical assinada por ela junto com Beto Villares e Antônio Pinto, o álbum já dizia a que veio. Em arranjos modernos e bem elaborados, a cantora debuta bem com sua voz atraente e agradável, em sucessos como Malemolência (Céu e Alec Haiat), Lenda (Céu, Alec Haiat e Graziella Moretto), Roda(Céu e Beto Villares) e a releitura de Concrete Jungle, de Bob Marley, faixa que traz a participação luxuosa do power trio formado pelos músicos da Nação Zumbi: Lúcio Maia (guitarra), Pupilo (bateria) e Alexandre Dengue (baixo). O resultado foi um bom acolhimento do público e da crítica especializada, shows na Europa e EUA e a indicação, em 2006, para o Grammy Latino na categoria Melhor Artista Revelação e para o Prêmio TIM de Música, como Melhor Cantora. Em 2007, o disco concorreu ao Grammy na categoria Melhor Álbum de World Music.

Em 2009, após um intervalo de quase cinco anos, a cantora lança pelo selo independente Urban Jungle e com distribuição da Universal Music, o novo álbum Vagarosa. Nas 13 faixas, ela reafirma sua feminilidade e brinda composições inéditas, novas parcerias e participações. Há também a bela releitura de Rosa, Menina Rosa, de Jorge Benjor, novamente com a participação do power trio da Nação Zumbi, sendo que a bateria de Pupilo se faz presente em outras faixas. 

O disco transita entre sonoridades do Brasil e Jamaica e traz, novamente, na produção musical a dobradinha de Céu e Beto Villares, junto com Gui Amabis e Gustavo Lenza, também responsável pela produção dos discos do Curumin. Entre as novas parcerias, destaque paraBubuia, com as também cantoras-compositoras Anelis Assumpção, filha do saudoso e criativo Itamar Assumpção, e Thalma de Freitas. Há também participações especiais de Luiz Melodia, dividindo vocais em Vira Lata, e do extravagante baterista Gigante Brazil, morto em 2008, nas faixas Cangote e Papa.

No dia 25 de março de 2016 a cantora lançou o CD "Tropix", com produção de Pupillo, baterista da banda Nação Zumbi, e do francês Hervé Salters, líder do projeto de electropop General Elektriks.

A cantora atualmente está em turnê no Brasil, mas já passou pela Europa e em breve estará nos Estados Unidos e Canadá, onde se apresentará em cidades como Toronto, Montreal, Nova York, Boston, Los Angeles e San Francisco.

"O título do CD é uma mistura das palavras 'trópico' e 'pixel'. O pixel é uma micro parte da leitura digital, e eu estava flertando com coisas mais eletrônicas, mais digitais. Mas nunca deixando de lado meu lado super tropical", explicou Céu em entrevista.

Ela falou ainda sobre as influência musicais do CD, o trabalho com os produtores, a paixão pela cena musical pernambucana, a decisão de fazer um cover do grupo de pós-punk paulistano Fellini, a relação com a obra de Bob Marley e o show desta turnê.